Notícias

11/05/2020

Hospital Pompéia homenageia mães com bebês na UTI Neonatal

Compartilhe:

Com muita emoção e lágrimas de alegria, assim foi o último domingo (10), no Hospital Pompéia. Cerca de 25 mães, com bebês na UTI Neonatal e no alojamento conjunto, receberam uma grande homenagem com cartões com mensagens de motivação e um carimbo dos pezinhos dos seus pequenos. A ação foi organizada pelas funcionárias do setor e busca oportunizar momentos de amor e união entre os dois.

De acordo com a coordenadora da UTI Neonatal, Tatiane Bazi, a ação surgiu com uma forma de aliviar a tensão em um ambiente como a Unidade de Tratamento Intensivo. “A ação surgiu em comemoração ao dia das mães. Os colaboradores da UTI Neonatal são muito sensíveis e humanos e prezam por manter esse vínculo maternal com os pacientes e seus familiares, a fim de minimizar a angústia de um bebê que precisa de cuidados intensivos”, comenta Tatiane.

Em virtude do protocolo de contingência ao coronavírus, diversas ações tiveram que ser evitadas para diminuir a movimentação na unidade. Até por isso, uma forma de celebrar o dia das mães foi a confecção de mensagem motivacionais e a entrega dos carimbos dos pezinhos dos bebês. As mesmas foram distribuídas tanto na UTI como no alojamento conjunto, lugar onde ficam mães e bebês sadios.

Apesar de ser um período complicado com a pandemia, a coordenadora afirma que esses momentos são cruciais para que o vínculo afetivo se fortaleça. “As mães podem ficar o tempo que se sentirem confortáveis com os seus bebês na UTI neonatal. Encorajamos que elas permaneçam para que o vínculo afetivo se fortaleça, assim as crianças se sentem mais seguras, ficam mais calmas e estáveis, principalmente se tem condições de receber um colo de suas mães, o que chamamos de contato pele a pele pelo método mãe canguru”, frisa.

Por fim, ela ressalta que mesmo sendo liberado a visitação, os cuidados foram redobrados. “Somos bem rigorosos com a higiene de mãos e precaução de contato, para que de forma segura o binômio tenha esse vínculo˜, finaliza Tatiane Bazi.

Compartilhe: