Memória

          A história do Hospital Pompéia começa em 1913, numa época em que a medicina era muito diferente. Mesmo assim, há mais de 100 anos já existia um remédio que ajuda a curar muitas doenças: a solidariedade.

 

         Nessa época, um grupo de 26 mulheres de Caxias do Sul se uniu para realizar obras na comunidade. Desde então, as Damas de Caridade, como passaram a ser conhecidas, não pararam mais. Elas decidiram criar um lugar que atendesse aos mais necessitados. E é justamente assim que o Hospital Pompéia nasce: com o propósito de ajudar o próximo e exercitar o espírito cristão da caridade.

 

      No início, o Hospital Pompéia ocupava uma pequena sede na Avenida Júlio de Castilhos. A instituição era mantida com a ajuda da comunidade e com o trabalho incansável das Damas de Caridade. No entanto, como todo sonho, o Pompéia também foi crescendo e precisando de espaço para se desenvolver. Cada vez mais pessoas buscavam os serviços oferecidos pelo hospital e as Damas de Caridade novamente se viram diante de um grande desafio. Finalmente, em 1940, foi inaugurada a nova sede do Hospital Pompéia, no Centro de Caxias do Sul.

 

        Hoje, por trás da sua fachada história, existe um hospital moderno e dinâmico, que alia o espírito católico à vocação tecnológica em todos os momentos. Dia após dia, o Hospital Pompéia está sempre renovando o seu compromisso social de atender quem precisa de cuidados, sendo um símbolo de luta e caridade. As Damas jamais desistiram de seu projeto, ele está mais vivo do que nunca.